• 0
  • 1 Faculdade Dom Pedro II - São Carlos-SP (1928-2009)
    Acervo Valentim Gueller Neto
  • 2 Bonde da Carne São Carlos–SP (1912-1962)
    Acervo Raymond DeGroot
  • 3 Estação Ferroviária de São Carlos-SP (1925)
    Acervo Valentim Gueller Neto

Estação 69 - Um Passeio Pelos Flamboyants De São Carlos - SP

| |

         Nosso passeio começa na


                em São Carlos - SP,


na Estação Ferroviária, Estação Cultura. À esquerda da plataforma sentido São Paulo, ao fundo está um Flamboyant.   Foto 01
Ele está próximo da margem direita da ferrovia, foi pouco notado,   Foto 02




 mas é imenso, um dos maiores de São Carlos e deve ter mais de 50 anos. Foto 03














Do bonde aos Flamboyants: Próximo dos trilhos,  a Avenida José Pereira Lopes com uma ilha central por onde passava o bonde;  hoje, é uma linda alameda florida.  Foto 04  


E a florada atraiu o Sabiá .  Foto 05


200 metros atrás do pátio ferroviário, a Av Dr Teixeira de Barros, mais conhecida por "Rua Larga", outra alameda com copas vermelhas em toda a sua extensão de 1500m . Foto 06


No final da mesma, entrando na Avenida Grécia, a divisão das duas vias também é feita pelas árvores de flores vermelhas.   Foto 07


O jardim do Centro de Lazer e Esportes do SESI  "Ernesto Pereira Lopes Filho" na Av. José Augusto de Oliveira Salles, 1325, se tornou um cartão postal com o destaque das flores avermelhadas.   Foto 08


Próximo do Centro, onde foi a Piscína Municipal,  berço da natação regional  até 2006,  o contraste do prédio que deu apoio aos atletas com a florada. Foto 09


Na Rua Fernando Fehr Junior, próximo da Escola Educativa,    as flores vermelhas na ilha central. Foto 10
                                                                 

Na  Praça Brasil, defronte a Escola Industrial Paulino Botelho - Centro Paula Souza, o destaque do Flamboyant no dia nublado .    Foto 11


Numa das quadras da Chácara do Sr. Juca, na rua Major Manoel Antonio de Mattos, a florada estava escondida entre as folhagens das outras árvores. Raro dia de céu azul em novembro. Foto 12


Pela Rua Bruno Giongo, ,entre as Ruas Monteiro Lobato e Giovani Rossi, defronte ao "NÚCLEO KARDECISTA PAZ AMOR E FRATERNIDADE",  era possível ver a copa vermelha por cima do muro e dos telhados.  Foto 13


A florada estava mais abaixo, na margem esquerda do Córrego Tijuco Preto.  Se o Flamboyant da Estação Ferroviária foi pouco notado,  este por estar muito escondido, só foi visto por poucas pessoas que se utilizam das passarelas ao lado das margens do córrego ou por cima do muro e dos telhados. Foto 14



Rua Riachuelo, defronte a EMBRAPA INSTRUMENTAÇÃO, a tonalidade das flores era mais para alaranjado. Foto 15


Na Estação de Tratamento de Água do SAAE,, os dois Flamboyants embelezavam a Av. Dr. Carlos Botelho.   Foto 16


No ponto de taxi da Santa Casa,  na rua Paulino Botelho de Abreu Sampaio, além da sombra o Flamboyant também alegrava com suas flores.  Foto 17


No  Bosque do Parque, na rua  XV de Novembro, a florada vermelha. encantava. Foto 18


Ainda no Parque Santa Mônica, na esquina das Ruas Ernfrid Frick com Dona Maria Jacinta, era possivel ver a copa avermelhada bem abaixo das verdes. Foto 19



Chegando mais na borda do barranco, dava para ver parte do bairro Jardim Alvorada,  o Flamboyant   próximo da  margem esquerda do Córrego Monjolinho,  e a Av. Francisco Pereira Lopes.    Foto 20


Agora sim, aí estava  a florada dele se destacando no verde da vegetação. Foto 21


Na Rua Omar Abdelnur  uma árvore bem nova, mas bem florida  Foto 22


Praça Geraldo Eugênio de Toledo Piza, a "Praça dos Flamboyants". . Várias copas   com  tonalidades diferentes.   Foto 23


Do vermelho ,  Foto 24.


ao alaranjado. Foto 25


Praça "CULTO A CIÊNCIA",, na Av Trabalhador São-Carlense, defronte ao portal da USP. A florada estava bem no centro da praça. -  Foto 26.


Na FESC - Fundação Educacional São Carlos - Unidade 3, Rua José Garcia Toledo, 147. somente ele estava florido.   Foto27 



Na esquina das ruas Dom Pedro II com  Jacinto Favoreto , próximo do Terminal  Rodoviário,, a florada vermelha. Foto 28



Rotatória da Av Salgado Filho, do lado direito dela ficava o  AERO-CLUBE DE SÃO CARLOS e o Aeroporto Salgado Filho, era impossível não notar a beleza da arvore.  Foto 29


Nas fazendas entre São Carlos e Dourado, a predominância é da Cana de Açúcar, e para surpresa, entre os canaviais, uma grande plantação de Flamboyants.    Foto 30


Na Rodovia Washington Luís, próximo do Posto Castelo, um recanto para os finais de semana. A florada vermelha compunha o cenário para o postal.   Foto 31


Na mesma Rodovia, na alça de acesso para o bairro, até parecia que as flores estavam dizendo: "SEJA BEM VINDO".  Foto 32


No quilômetro 235 da SP-310,  na Praça da Bandeira da UFSCar,  no seu entorno são dezenas de Flamboyants.  Foto 33


Do lado  esquerdo  da Casa do Sino, memória da Fazenda Tran-Chan que deu origem à UFSCar,  as tonalidades das floradas eram alaranjadas e amarelas. Foto 34


Um pouco mais isolado, próximo do Departamento de Assistência Médica e Odontológica - DAMO, a florada amarela.  Foto 35



E ao lado de onde foi o "FORTE APACHE",  hoje o Departamento de Artes e Comunicação - DAC, a florada vermelha.  Foto 36

Agora no quilômetro 236, na alça de acesso para o bairro, na calçada várias árvores estavam  floridas,  Foto 37


e do outro lado da pista, na alça de acesso ao bairro. a florada se destacava.    Foto 38


Voltando para a cidade, na Av Francisco Pereira Lopes, rotatória de acesso ao Shopping Iguatemi, somente ele reinava florido. Foto 39


E atrás do Shopping, onde passa o trem, bem na hora da foto, o trem passou.. Começamos pelos trilhos e terminamos nos trilhos. Foto 40

Foram 28 locais que o Lugar do Trem e Amigos fotografaram. Certamente, outros Flamboiants floridos em outros bairros compuseram o grande jardim vermelho que São Carlos se transformou em novembro de 2014. Em novembro de 2015, a florada promete. Passando por São Carlos, aproveite também para conferir os Flamboiants.

CRÉDITOS
FOTOS:  
01 a 04, 6 a 9, 12 a 16, 18 a 28 e de 33 a 40 José Alfeo Röhm
05, 10, 17, 29 e 31: Marina Dino dos Anjos
11 e 30: Sergio Paulo Doricci
08 e 32: Valentim Gueller Neto
PARTICIPARAM:
Maria Nazareth, Daniel e Lika Rohm

Obrigado por sua agradável companhia, nos encontraremos certamente na Estação 69.
                                                         Abraços, Alfeo.

OBS: Se você tiver dificuldade em fazer um comentário na janela aí abaixo, entre como anônimo, e cite seu nome e e-mail no final do texto.   



2 comentários :

Altino Rocha Tininho disse...

Maravilhosos!

Anônimo disse...

Alfeo,
Mais um grande e maravilhoso trabalho de amor a esta cidade.
Parabéns.
[ ]s.
Antonio Carlos

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!